segunda-feira, 17 de maio de 2010

Escritores... Os nossos!

Já não sei o que fazer
Se hei-de chorar
Se hei-de sorrir
Se hei-de adormecer
Para nunca mais acordar
Mas não consigo decidir

Sei que não me portei da melhor maneira
Mas toda a gente tem o direito de errar
Toda a gente já fez asneira
Mas não se desatou a chorar

Tenho de seguir em frente
O que passou, passou
Já nada posso fazer para voltar atrás
Porque sei que já lá não estás
Fizeste como toda e gente
Para a frente andou

É isso que tenho de fazer
Não olhar para o que passou
O meu futuro não prever
Simplesmente no presente estou.



Ana Sousa 9.ºE